Hospitais de campanha vão garantir mais dois mil leitos para tratar coronavírus em SP

A prefeitura da capital paulista vai assegurar que todos hospitais estarão equipados com respiradores — que são fundamentais no combate ao coronavírus. O prefeito Bruno Covas destaca que estes locais devem contribuir para desafogar hospitais.

A corrida agora é contra o relógio: de acordo com o prefeito, o objetivo é antecipar a entrega e deixar tudo preparado para receber os pacientes antes do previsto. “A ideia era 10 dias de construção, mas estão correndo para deixar pronto nesta sexta-feira (27) para começar a ser utilizado na terça-feira (31).”

Os hospitais de campanha estão orçados em R$ 35 milhões.

Bruno Covas não descarta a paralisação de algumas obras na cidade, já que terá que realocar os recursos para os gastos extras não previstos. Outros locais estão sendo listados, caso haja a necessidade de novas adaptações.

*Com informações do repórter Daniel Lian

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui