Boeing suspende produção de aviões em Washington e dá férias coletivas por duas semanas

Avião Boeing 737 Max, da Boeing

SÃO PAULO – A Boeing anunciou nesta segunda-feira (23) a suspensão temporária da produção em suas instalações na área de Puget Sound, no estado de Washington. A medida faz parte dos planos da empresa para conter a pandemia de coronavírus.

Segundo a empresa, o plano é realizar uma paralisação disciplinada que atenda às necessidades dos clientes. A produção começa a ser reduzida hoje com a expectativa de suspensão completa das operações a partir de quarta-feira (25).

Além de interromper a produção, a Boeing dará 10 dias de férias remuneradas para os trabalhadores que não puderem realizar suas atividades em casa.

A suspensão da produção durará 14 dias, durante os quais a Boeing se compromete a continuar monitorando as orientações e ações do governo sobre a Covid-19 e seus impactos em todas as áreas da empresa, realizando atividades adicionais de limpeza profunda nas unidades afetadas e estabeleceremos critérios rigorosos para o retorno ao trabalho.

“Continuamos a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades de saúde pública e estamos em contato com nossos clientes, fornecedores e outros públicos de interesse que são afetados por essa suspensão temporária. Lamentamos a dificuldade que isso causará a eles, assim como a nossos colaboradores, mas é vital manter a saúde e a segurança de todos aqueles que sustentam nossos produtos e serviços, e ajudar nos esforços nacionais para combater a disseminação da COVID-19 “, disse o presidente e CEO da Boeing, Dave Calhoun.

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!

The post Boeing suspende produção de aviões em Washington e dá férias coletivas por duas semanas appeared first on InfoMoney.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui