Coronavírus: OMS afirma que há registro de morte de crianças

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira (16) que há registro de morte de crianças após infecção por Covid-19.

Em entrevista coletiva, o diretor-geral da entidade, Tedros Ghebreyesus, destacou a seriedade da doença e afirmou que não apenas os mais velhos correm mais risco, mas as crianças também.

“Está é uma doença séria. Embora haja evidência de que os mais velhos correm maior risco, jovens, incluindo crianças, morreram”, afirmou.

A OMS, diante da escalada de casos ao redor do mundo, continua recomendando o distanciamento social, como fechamento de escolas e universidades, trabalho remoto e até mesmo suspensão de eventos, com o intuito de conter a disseminação do vírus. As medidas de higiene, como lavar as mãos e usar álcool gel, também seguem sendo recomendadas.

Tedros ainda recomendou a realização de testes para identificação do novo coronavírus. “Temos uma mensagem simples para todos os países: teste, teste, teste. Teste todas as suspeitas de Covid-19”, disse.

A entidade destacou que os pacientes confirmados com o novo coronavírus devem continuar com medidas como isolamento domiciliar até duas semanas após os desaparecimento dos sintomas da doença.

“Pessoas infectadas com Covid-19 ainda podem infectar outras pessoas depois do desaparecimento dos sintomas, portanto essas medidas devem continuar mesmo após o fim dos sintomas. Os visitantes também não devem ser permitidos até o fim desse período”, disse Tedros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui