Campeonato Carioca também é paralisado

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) anunciou hoje que o Campeonato Carioca será paralisado por 15 dias em razão da pandemia do coronavírus. Os mandatários do futebol no Estado se reuniram nesta manhã com as diretorias de todos os clubes.

Inicialmente, apenas Botafogo e Fluminense foram a favor da paralisação. Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, argumentou que os clubes sofreriam com as perdas financeiras, e foi apoiado por outros clubes. No fim, todos entraram em consenso e votaram a favor da parada.

Alexandre Campello, presidente do Vasco, não participou do debate. Ele se irritou com um encontro entre Landim e Rubens Lopes, presidente da Ferj, realizado antes da reunião. Campello comunicou que era contra a paralisação do torneio, mas que seguiria o voto da maioria.

Os times disputaram as três primeiras rodadas da Taça Rio, sendo que o Flamengo já foi o campeão da Taça Guanabara. O Flamengo é o primeiro do Grupo A do segundo turno do Estadual, seguido pelo Boavista. No Grupo B, o Flu lidera e o volta redonda é o segundo colocado. Os dois primeiros de cada chave fazem as semifinais. O Botafogo é o quarto colocado do grupo A, enquanto que o Vasco é o quinto colocado do B.

Protesto

Na última rodada, os jogadores do Fluminense entraram em campo com o braço cobrindo o rosto e de máscara, em sinal de protesto à realização da partida.

O jogo não teve a presença dos torcedores. Botafogo x Bangu e Flamengo x Portuguesa-RJ também foram disputados com arquibancadas vazias. A paralisação no Rio de Janeiro segue o que acontece em outros estados. Os campeonatos Paulista, Mineiro, Gaúcho e Catarinense também estão parados por causa do coronavírus. No domingo, a CBF anunciou a suspensão de todas as competições nacionais sob a sua organização.

* Com Estadão Conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui