BC ‘não hesitará em usar todo o seu arsenal’ para apoiar economia

Ao anunciar duas medidas para facilitar a renegociação de até R$ 3,4 trilhões em empréstimos e ainda ampliar a capacidade de crédito do sistema financeiro em até R$ 637 bilhões, o Banco Central enfatizou que “não hesitará em usar todo o seu arsenal” para assegurar a estabilidade financeira e o bom funcionamento dos mercados, e assim apoiar a economia brasileira.

“O BC possui um amplo arsenal de instrumentos que podem ser utilizados, se necessário, não só para assegurar a estabilidade financeira, mas particularmente neste momento, para apoiar a economia”, afirmou a autoridade monetária, em nota.

Entre os instrumentos que compõem esse arsenal, o BC citou medidas regulatórias e o recolhimento compulsório, hoje na casa dos R$ 400 bilhões.

A instituição lembrou que medidas para a liberação de compulsórios e mudanças no Indicador de Liquidez de Curto Prazo (LCR) – anunciadas no dia 20 de fevereiro – já aumentaram a liquidez do SFN em R$ 135 bilhões.

O BC lembrou ainda que todos os bancos cumprem atualmente os requerimentos de capital e de liquidez, sendo que o Indicador de Basileia (IB) do sistema está em 17,1%, bem acima do requerimento mínimo de 10,5%.

“O nível de liquidez é superior ao dobro do parâmetro mínimo exigido. Esta robustez foi confirmada no último teste de estresse realizado pelo BC, que demonstrou que o sistema está preparado para enfrentar cenários severos”, concluiu o documento.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui