Coronavírus: Trump quer potencial vacina com exclusividade, diz jornal

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estaria, a partir de grandes incentivos econômicos, tentando garantir para os Estados Unidos o direito exclusivo de uma potencial vacina contra o coronavírus. As informações foram disponibilizadas neste domingo (15) pelo o jornal alemão “Welt am Sonntag”.

De acordo com a publicação, a responsável pela pesquisa trata-se da empresa CureVac, sediada na cidade de Tubinga, no sul da Alemanha. A CureVac, em colaboração com o Instituto Paul Ehrlich para Vacinas e Medicamentos Biomédicos, está trabalhando na fabricação de um potencial agente de imunização.

O jornal afirma ter obtido informações com pessoas próximas ao governo da Alemanha, que asseguram que representantes do Executivo local estão negociando com a companhia, para evitar que Trump obtenha os direitos exclusivos sobre a potencial vacina.

De acordo com as informações obtidas pelo “Welt am Sonntag”, o presidente americano deseja que a descoberta seja adquirida para ser usada apenas nos Estados Unidos.

Consultada pelo jornal alemão, a empresa preferiu não se manifestar sobre a suposta disputa comercial.

*Com informações da EFE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui