Vetados, cruzeiros são cancelados no Brasil

Cruzeiros turísticos serão adiados no Brasil enquanto durar o estado de emergência em saúde pública pelo novo coronavírus no país. A decisão do ministério da Saúde foi anunciada na sexta-feira (13)

A Costa Cruzeiros, principal companhia que, cancelou pelo menos até o dia 3 de abril. Aos passageiros afetados foi oferecida a mudança de data, mas ainda não há a possibilidade de reembolso.

A empresa afirma que deve voltar ao país em novembro para a temporada 2020/2021.

Segundo a companhia, desde o surgimento do surto de coronavírus, procedimentos mais rígidos de saúde estão sendo adotados, como a medicação de temperatura corporal e um questionário médico.

Alguns cruzeiros já em operação passariam pelo porto de Santos, mas cancelaram as viagens.

A determinação de adiar foi anunciada na sexta-feira (13) pelo ministério de Saúde. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, não existem condições dos cruzeiros circularem.

” Não é possível ter uma concentração de pessoas, neste momento, durante a emergência. Historicamente, a transmissão respiratória em cruzeiros turísticos é mais facilitada.”

No Recife continua retido um cruzeiro com 318 passeiros e 291 tripulantes, após ter atracado na cidade na quinta-feira (12). No navio há 2 suspeitos de coronavírus. Os pacientes fizeram o teste e aguardam o resultado. A Anvisa proibiu o desembarque de qualquer passageiro.

O secretário comentou o caso. “Ao sair de Pernambuco, ele iria atracar em Fortaleza. Então já há a recomendação que esse cruzeiro não atraque em Fortaleza e siga direto para o destino, que é os Estados Unidos.”

Os velórios de eventuais vítimas de coronavírus também receberam recomendações. O ministério da Saúde orienta para que o atestado de óbito seja emitido de forma mais rápida e o enterro mais ágil, sem concentração de pessoas.

*Com informações do repórter Levy Guimarães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui