Witzel pode interditar praias para evitar disseminação do coronavírus

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou nesta sexta-feira (13) que pode interditar as praias para evitar a disseminação do coronavírus. “Embora as praias sejam área federal, numa situação como essa a Polícia Militar, os bombeiros, a guarda municipal podem agir para evitar aglomerações”, declarou.

O secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, confirmou a orientação para as pessoas não irem à praia. “Nesse momento contamos com o bom senso da população. Precisamos evitar aglomerações, então é hora de ficar em casa, não de ir à praia”. Ele admitiu que pedir ao carioca para não ir à praia é “uma heresia”, mas alertou que “é preciso se adaptar ao momento”.

Witzel e Santos concederam entrevista coletiva no início da noite desta sexta-feira para expor medidas contra a disseminação do coronavírus no Estado do Rio.

Brasil

Ministério da Saúde informou, nesta sexta-feira (13), que há 98 casos confirmados de coronavírus no Brasil, 16 deles no Rio. São 21 a mais do que o boletim divulgado ontem. O número de ocorrências suspeitas aumentou para 1.485, e 1.344 casos foram descartados. 12 pessoas estão hospitalizadas e, dentre os casos confirmados, 15% estão dentro do nível de atenção. Foi confirmada também transmissão comunitária nos estados de São Paulo e RJ.

* Com informações do Estadão Conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui