Rodrigo Maia desmente notícia de que foi diagnosticado com coronavírus

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou que tenha sido diagnosticado com coronavírus, notícia falsa que se espalhou nesta sexta-feira (13).

Maia esteve na Europa no fim de fevereiro e voltou no início de março ao Brasil. O Congresso determinou quarentena a parlamentares que tiverem viajado para um dos países afetados pelo vírus.

A medida foi adotada com ao menos quatro: os senadores Jorginho Mello (PL-SC) e Nelsinho Trad (PTB-MS), além dos deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Daniel Freitas (PSL-SC). Eles estiveram na comitiva presidencial que voltou dos Estados Unidos no início da semana e tiveram contato com o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, diagnosticado com coronavírus.

Os resultados dos exames dos parlamentares devem ficar prontos ainda nesta sexta-feira.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, informou pela sua página oficial no Facebook que exame realizado no Hospital das Forças Armadas atestou negativo para o novo coronavírus.

*Com Estadão Conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui