Campeonato Inglês é suspenso até abril após casos de coronavírus no Chelsea e Arsenal

A Premier League anunciou, na manhã desta sexta-feira (13), que o Campeonato Inglês ficará paralisado até o dia 4 de abril. A decisão acontece após Mikel Arteta, treinador do Arsenal, e Hudson-Odoi, jogador do Chelsea, contraírem o Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Após uma reunião de Acionistas de hoje, foi decidido por unanimidade suspender a Premier League com a intenção de retornar em 4 de abril, sujeito a conselhos e condições médicas na época”, informou o órgão, através de comunicado oficial.

Richard Master, principal executivo da Premier League, afirmou que a prioridade neste momento é a saúde dos atletas e técnicos. Os dois clubes londrinos estão em quarentena. “Acima de tudo, desejamos a Mikel Arteta e Callum Hudson-Odoi recuperações rápidas, e todos os outros afetados pelo COVID-19”, disse.

“Nesta situação sem precedentes, estamos trabalhando em estreita colaboração com nossos clubes, governo, FA e EFL e podemos tranquilizar a todos a saúde e o bem-estar de jogadores, funcionários e torcedores como nossa prioridade”, continuou.

O Campeonato Inglês foi um dos últimos torneios a serem suspensos. Nos últimos dias, Champions League, Espanhol, Italiano e várias outras competição foram suspensas. Confira os eventos afetados pela pandemia aqui.

Agora, a intenção dos organizadores do Inglês é remarcar as partidas que estavam marcadas para as próximas semanas. Atualmente, o Liverpool lidera o campeonato com 25 pontos de vantagem para o Manchester City, segundo colocado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui