TRF-4 tira investigação sobre Lulinha do Paraná e manda para São Paulo

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, determinou a transferência de investigação contra o filho do ex-presidente Lula, Fábio Luis Lula da Silva, de Curitiba para São Paulo. A decisão foi tomada pela 8ª Turma do Tribunal nesta quarta-feira (11) de forma unânime.

Lulinha é investigado por suspeita de ter recebido, de empresas de telefonia, mais de R$ 100 milhões em propina.

Segundo os desembargadores, os fatos denunciados pelo Ministério Público Federal não envolvem a Petrobras nem foram praticados na região de competência da Justiça Federal do Paraná.

Existe a suspeita de que parte do dinheiro tenha sido lavada com a aquisição do sítio de Atibaia — mas o relator do caso, João Pedro Gebran Neto, argumentou que tal fato não é suficiente para que o caso continue em Curitiba.

O desembargador também esclareceu que a transferência para São Paulo não anula os atos que foram praticados até agora no processo.

O MPF ainda pode recorrer da decisão.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui