Kate Beckinsale comemora condenação de Harvey Weinstein e relembra agressão

Kate Beckinsale usou suas redes sociais para falar sobre a condenação de Harvey Weinstein a 23 anos de prisão por agressão sexual e estupro. A atriz foi uma das mais de cem mulheres a vir a público denunciar o produtor de Hollywood por sua conduta inaceitável.

Depois do veredito, Kate fez um longo post no Instagram, reforçando que se sente “aliviada” com a notícia da condenação. Ela relatou agressão verbal em um incidente de 2001 com Weinstein.

Ela explica a situação na première de “Escrito nas Estrelas”, em outubro de 2001, “apenas semanas depois do atentado de 11 de setembro, com a cidade ainda pegando fogo”. Na ocasião, o elenco e equipe se recusaram a fazer o tapete vermelho, por “parecer ser a coisa mais insensível e desrespeitosa possível. Mas Harvey insistiu.”

Na manhã seguinte, Beckinsale afirmou que Weinstein a convidou para que suas filhas brincassem em sua casa. No entanto, a ocasião deu uma guinada para pior quando ele agrediu verbalmente a atriz. Ela escreveu que ele estava lívido, começou a gritar e xingá-la, a chamando de “escrota” por usar um terno no tapete vermelho.

“Eu não tinha ideia do que ele estava falando e comecei a tremer. Ele disse ‘se eu estou organizando um tapete vermelho, você tem que aparecer com um vestido justo, balançar o traseiro e mostrar seus peitos, não aparecer como uma po*** de uma lésbica.”

Ela, então, acabou caindo no choro e conseguiu deixar a residência com a filha. “Essa foi uma das muitas experiências com as quais não sabia lidar. (…) Ouvir que ele irá para a prisão por 23 anos é um alívio tremendo não só para mim, mas para todas as mulheres agredidas ou estupradas.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui