Itália já tem mais de mil mortes por coronavírus; país tem 12 mil casos

Mais 118 pessoas morreram por coronavírus na Itália nas últimas 24 horas, elevando o número total de óbitos para 1.016. Os dados foram divulgados pelo chefe da agência de Defesa Civil, Angelo Borrelli.

Atualmente, o país computa 12.839 casos positivos, um aumento de mais de 2 mil em apenas um dia. Como 1.258 conseguiram se curar, o número total de contágios registrados desde o início da crise é de 15.113.

A Lombardia é a região mais afetada, com 744 mortes e 6.896 casos positivos atualmente, seguida por Emilia-Romana, com 146 mortes e 1.758 casos.

Borrelli pediu para que os italianos evitem sair de casa, de modo a conter a propagação do vírus. Também se referiu aos funcionários das fábricas do norte do país, que nesta quinta-feira (12) protestaram contra o governo, para que a atividade produtiva seja suspensa temporariamente.

O governo italiano decretou na quarta-feira o fechamento de todos os negócios em nível nacional, exceto os que oferecem serviços essenciais como supermercados e farmácias, para tentar conter a propagação do vírus. A decisão vale até o dia 25 deste mês.

No entanto, não foi ordenado o fechamento das fábricas. As empresas foram orientadas a adotar protocolos de segurança e garantir que os funcionários trabalhem em condições sanitárias adequadas.

Borelli considera fundamental “manter a distância de um metro entre as pessoas” para prevenir o contágio”. Caso isso não seja possível, a recomendação é utilizar máscara.

“É necessário manter a distância, também em família. Acho que é do interesse de todos. Um pouco de prudência não faz mal a ninguém”, comentou.

* Com EFE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui