App Olivia chega ao Brasil para ajudar pessoas a gastar melhor e economizar

Assistente financeira: App Olivia

No Brasil, o percentual de famílias com dívidas em cartão de crédito, cheque especial, cheque pré-datado, crédito consignado, crédito pessoal, carnê de loja, prestação de carro e prestação da casa, chega a 65,3%. 

Por isso, falar de educação financeira é algo extremamente necessário e os assistentes financeiros têm ganhado espaço para ajudar os interessados em controlar as contas. 

A Olivia é a mais nova assistente financeira inteligente do país e desembarcou dos Estados Unidos, onde foi lançada em 2017, para o Brasil há pouco mais de um mês. 

O aplicativo, que teve uma última rodada de investimento de R$ 25 milhões, foi desenvolvido para atender essa parcela da população que está interessada em otimizar os gastos  e possibilita integração em tempo real em uma espécie de consultoria.  

A assistente financeira foi criada com a missão de consolidar todas as contas em um só lugar, estimular o potencial de economia dos usuários e oferecer descontos de acordo com hábitos recorrentes de consumo.

Tudo isso de forma proativa, o que é o principal diferencial em relação a outros aplicativos do segmento. 

Faça o Download do App Olivia aqui. 

A Olivia foi desenvolvida nos Estados Unidos depois que os brasileiros Cristiano Oliveira e Lucas Moraes se conheceram durante um curso na Singularity University, instituição de ensino empreendedor localizada em uma base da Nasa, a agência espacial americana, no Vale do Silício.

Eles observaram as dificuldades dos americanos em lidar com as finanças e aproveitaram a bagagem tecnológica local para desenvolver o produto.

Quase 80% da população dos Estados Unidos não consegue poupar e vive “de pagamento em pagamento”, segundo o site CareerBuilder. Além disso, um estudo da  American Psychological Association aponta que 64% dos americanos que afirmam estar estressados e apontam dinheiro como a principal razão. 

De olho nesse cenário, os empresários brasileiros tiveram a ideia de criar uma assistente financeira que ajudasse as pessoas a economizar  e mais do que isso, a identificar oportunidades de melhoria na hora de consumir com base em compras anteriores.

Tudo isso com ajuda da inteligência artificial.

A estimativa é que desde o lançamento da Olivia os usuários já tenham economizado R$ 14 milhões. 

Veja mais no vídeo: 

Como funciona na prática 

 “Oi, eu sou a Olivia e nasci com poderes especiais. Posso te ajudar a gastar melhor! Bora?”. Assim a assistente financeira, que é gratuita, se apresenta aos novos usuários brasileiros.

Já são mais de 100 mil downloads no país  sendo que mais de 500 mil usuários já tiveram acesso à plataforma da Olivia nos três países em que ela está presente: Brasil, Estados Unidos e Irlanda  e os resultados afirmam que há sete vezes mais economia para quem fala com regularidade com ela por pelo menos 60 dias. 

 A ideia é estabelecer uma relação de empatia, com uma interface simples e uma conversa coloquial, onde o usuário pode interagir, receber dicas e fazer perguntas.

Com ajuda de GIFS, piadas e mensagens simples, a Olivia interage diariamente com os usuários, e estimula metas reais de economia e oferece recomendações de como alcançar de fato os resultados planejados. 

Na prática, funciona assim: o usuário baixa o aplicativo e conecta sua conta bancária, cartão de crédito, além de incluir outras fontes de renda, como vale-alimentação.

Os dados são recolhidos de forma anônima e a Olivia passa a acompanhar os ganhos e despesas, usando inteligência artificial, para mapear os padrões de consumo.

A robô realiza uma análise constante e passa a sugerir maneiras de economizar em 50 categorias que vão desde as contas básicas, como água e luz, passando por entretenimento, gastronomia, transporte e vestuário.

Tudo é calculado centavo a centavo. 

Olivia é capaz de dar dicas sobre as compras do mês, as refeições fora de casa, opções mais acessíveis de mobilidade e até em tarifas bancárias.

A robô identifica até os padrões gastronômicos e sugere pizzas em dobro pelo mesmo valor para amantes da comida, por exemplo. 

Ela também identificou um vazamento de água da casa de um dos usuários (ligado a um aumento na conta de água), dá dicas de como pedir corridas mais baratas em aplicativos de mobilidade, e ofereceu recentemente descontos em restaurantes de fast-food.  

Fale agora com a Olivia.

O modelo de negócio é gratuito, pois a Olivia se monetiza por um modelo B2B, firmando parcerias com instituições financeiras, como BV e XP Investimentos, e estabelecimentos comerciais.

Além disso, ao acompanhar os hábitos dos usuários o robô da economia consegue prever quantos usuários vão pedir uma pizza, pode fechar uma parceria com um aplicativo de delivery e oferecer um cupom com 15% de desconto, por exemplo. Nesse contexto, Olivia recebe uma comissão sobre cada venda. 

Segundo os criadores da assistente, a ideia é estimular o maior potencial de economia e oferecer descontos em produtos que o cliente já costumava comprar.

Ao que tudo indica, a robô chega para provar que dá para viver melhor gastando a mesma coisa – ou menos. 

Clique aqui para fazer o Download do App Olivia e começar a economizar e a gastar melhor. 

 

The post App Olivia chega ao Brasil para ajudar pessoas a gastar melhor e economizar appeared first on InfoMoney.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui