FERJ prepara debate com médicos dos clubes cariocas sobre coronavírus

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ), anunciou que convidou o corpo médico dos clubes das Séries A, B1 e B2 para debater o surto de coronavírus na próxima semana. Por enquanto, o calendário de jogos não será alterado.

Segundo nota divulgada nesta quarta-feira, a FFERJ está extremamente preocupada com o assunto, e afirma que apesar dos registros ainda não serem tão alarmantes no Brasil quanto em outros países, se mantém em alerta para evitar uma possível propagação do vírus.

O texto reforça ainda que a Federação agirá com bom senso para preservar o bem estar, e poderá tomar medidas como fechar os portões ou adiar o calendário.

Leia na íntegra:

“Com extrema preocupação humanitária, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro acompanha atentamente a epidemia do Coronavírus pelo mundo. Não há registros significativos no Brasil e no Rio de Janeiro, mas a FERJ está alerta e mantém comunicação com órgãos governamentais – sempre alinhado com o Ministério da Saúde. Diante de possíveis diretrizes, disposta a preservar a vida de torcedores, jogadores e demais envolvidos nos eventos, a Federação agirá na linha do bom senso e bem estar, seja com portões fechados ou adiamento do calendário geral. A FERJ, inclusive, está organizando reunião com os departamentos médicos de todos os filiados.”

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde atualizou os números do coronavírus no Brasil. Atualmente, há 52 casos confirmados do Covid-19 e outros 907 monitorados como suspeitos. Os pacientes que testaram positivo estão divididos nos Estados do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia e Alagoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui